quarta-feira, 25 de junho de 2014

A unidade cristã e a diferença de gerações

Um comentário:

  1. Participei in loco desta gravação e conaidero de suma importância o entendimento disso pela igreja, para que haja um convivência melhor entre as gerações. Im dos grandes problemas do homem de modo geral, são as comparações. Ninguém pode ser obrigado a fazer o que o outro faz, ou fez, muito menos ser cobrado. As comparações, muitas vezes estabelecem critéros competitivos injustos, que ferem a individualidade e a personalidade das pessoas. Muito pertinente esta postagem no blog. Que a igreja desperte para este fato, para que a koinonia, seja marca do corpo de Cristo.

    ResponderExcluir